Assefin Web simplifica a emissão de NF-e
online para você

imposto-renda-escrita

Entre em contato

Simplificamos sua declaração
de Imposto de Renda

Evite problemas com o seu
Imposto de Renda 2019

Para evitar multas e problemas com a Receita Federal, declarar o Imposto de Renda da maneira certa é fundamental!

Contar com a experiência de um contador pode ser a melhor alternativa para evitar problemas

O período para a entrega da declaração de Imposto de Renda vai começar e traz com ele as já conhecidas dúvidas dos contribuintes. Muitos deles ainda não sabem quais bens devem declarar à Receita Federal ou como preencher a declaração de forma correta. Nesses casos, contar com a experiência de um contador pode ser a melhor alternativa para evitar problemas com o Leão.

Podemos te ajudar a fazer sua declaração e tirar as principais dúvidas sobre o assunto.

entre em contato
Imagem 1
Detalhe Nota

Imposto de Renda 2019:
Quem deve declarar?

  • Icone Ok
    Recebeu rendimentos tributáveis , sujeitos ao ajuste na declaração, cuja soma anual foi superior a R$ 28.559,70;
  • Icone Ok
    Recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00.
  • Icone Ok
    Teve a posse ou a propriedade, em 31 de dezembro de 2018, de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00.
  • Icone Ok
    Passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nessa condição se encontrava em 31 de dezembro de 2018.
Plataforma

Assecont Contabilidade Digital

  • Icone Ok
    Segurança: o nível de segurança é maior pois nossos profissionais possuem os conhecimentos necessários para entender o que cada declaração requer.
  • Icone Ok
    Confiabilidade: anos de experiência possibilitam uma avaliação detalhada com o objetivo de diminuir seu imposto à pagar ou aumentar sua restituição.
  • Icone Ok
    Redução de Riscos: As chances de deslizes no seu imposto são minimizadas, evitando que você caia na “malha fina” ou tenha que pagar altos valores de multas.
Detalhe Plataforma

Suporte Técnico: um grande diferencial do Gerenciador e Emissor de NF-e Assefin

O nosso suporte técnico conta com uma equipe de especialistas que estarão sempre prontos para te atender no que você precisar.

Este é um grande diferencial da Assecont: um suporte técnico que te atenderá desde a implantação total do sistema em seu negócio até qualquer ajuda que você precisar.

Suporte

95% dos nossos clientes avaliaram o Suporte Técnico do Assefin como Ótimo ou Excelente no último ano.

Entre em contato e saiba como podemos ajudar

Icone Teste

Entre em contato
por e-mail

Entre em contato

Ou

Icone Ligação

Um representante irá te ligar durante,
o horário comercial

Receber Ligação

Perguntas Frequentes

  • Quem está obrigado a entregar a declaração?

    De acordo com as definições da Receita Federal, estão obrigados a entregar a declaração do Imposto de Renda 2019 todos os trabalhadores que se enquadram nos seguintes casos:

    – Tiveram, em 2018, rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70.
    – Tiveram, em 2018, uma receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 com atividade rural.
    – Tiveram, em 2018, rendimentos considerados isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40.000,00.
    – Obtiveram, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas.
    – Tiveram, em 31 de dezembro de 2018, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00.

  • Quais são as despesas que podem ser deduzidas?

    O Imposto de Renda é um tributo que incide sobre a renda obtida durante o ano inteiro. Porém, existem várias despesas que podem ser deduzidas no momento do cálculo. Veja quais são as principais dessas despesas e seus limites de dedução

    – Dependentes: limite de R$ 2.275,08 por dependente.
    – Previdência Privada: limite de até 12% dos rendimentos tributáveis.
    – Despesas com educação: limite de até R$ 3.561,50.
    – Despesas com saúde: não tem limite.

  • Qual é o prazo para a entrega do Imposto de Renda 2019?

    A declaração do Imposto de Renda 2019 inicia no dia 1º de março e vai até o dia 30 de abril de 2019.

  • Qual é o valor da multa por atraso na entrega?

    Quem perder o prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda 2019 deverá pagar multa de 1% por mês de atraso, calculada sobre o imposto devido. O valor mínimo da multa é de R$ 165,74 e o máximo é de 20% do IR devido.

  • Como começar a se preparar para a declaração com antecedência?

    Agora que você já conhece melhor as principais informações sobre o Imposto de Renda 2019, já pode começar a se preparar para a sua declaração. Em vez de deixar tudo para a última hora, existem várias ações que você já pode colocar em prática. Dessa forma, o momento da declaração se torna muito simples — bastando informar todos os dados que você já coletou.

    Veja como você pode começar a se preparar com antecedência para o Imposto de Renda 2019:

    Reúna os documentos necessários

    A principal forma de iniciar a sua preparação para declarar o Imposto de Renda é reunir todos os documentos que comprovam suas fontes de renda, dependentes e despesas dedutíveis. Veja quais são os principais desses documentos:

    1. Informe de rendimento dos rendimentos recebidos no ano de 2018;
    2. Informe de rendimentos dos bancos;
    3. Documentação de compra e venda de imóveis, caso tenha ocorrido em 2018;
    4. Documentação de compra e venda de veículo;
    5. Darf pago do carne-leão;
    6. Recibos e despesas médicas ocorridas em 2018;
    7. Despesas com instrução própria ou de dependentes;

    É preciso ter um cuidado especial com as despesas com saúde que você teve ao longo de 2018. Essa é uma despesa que pode ser deduzida sem limites e, por essa razão, é importante que você consiga reunir o maior número de notas fiscais e recibos de despesas médicas da sua família.

    Junte as informações de imóveis e bens

    Todas as suas posses também devem ser informadas na declaração do Imposto de Renda. Para se preparar com antecedência, você pode avaliar as suas novas posses em relação ao ano de 2017 e reunir os documentos de comprovação.

    Avaliação dos ganhos anuais

    Principalmente para os profissionais autônomos, é recomendável fazer uma avaliação dos ganhos auferidos durante o ano de 2018. Afinal, essa é uma das principais informações que devem ser inseridas no momento da declaração.

    Busque o auxílio de um profissional contábil

    Já falamos brevemente sobre a incidência de multas pelo atraso na declaração, certo? Porém, nas situações em que as informações inseridas possuem dados equivocados ou incompletos também podem ser aplicadas penalidades pela Receita Federal.

  • Principais documentos para elaboração do IRPF 2019

    1. Informe de rendimento dos rendimentos recebidos no ano de 2018;
    2. Informe de rendimentos dos bancos;
    3. Documentação de compra e venda de imóveis, caso tenha ocorrido em 2018;
    4. Documentação de compra e venda de veículo;
    5. Darf pago do carne-leão;
    6. Recibos e despesas médicas ocorridas em 2018;
    7. Despesas com instrução própria ou de dependentes;